INSTITUTO CULTURAL RAÍZES

INSTITUTO CULTURAL RAÍZES
VISITE NOSSO SITE E CONHEÇA TODO O TRABALHO SÓCIO CULTURAL QUE É REALIZADO.

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Forum - Africanidades em Nós


Fruto da parceria entre a Escola Estadual Maria Emília Cantarelli de Belém do São Francisco, o Instituto Cultural Raízes, Capes e Pibid, foi realizado no último dia 24 do corrente mês o 1º Forum AFRICANIDADES EM NÓS.

O evento contou com a participação de um público em torno de 300 pessoas, entre professores de história e artes, bem como estudantes do normal médio da Emec e alunos participantes das oficinas do Programa Mais Cultura nas Escolas, além de convidados, contando ainda com a parceria do Profº João Di Carvalho, através da A PRODUTORA Áudio e Vídeo, que garantiu toda a estrutura de som e o registro do início das atividades.

A iniciativa é pioneira e faz parte das ações do Programa Mais Cultura nas Escolas, que é executado desde 2014 na Emec em parceria com o Instituto Cultural Raízes, a qual é a única Escola em todo o Sertão de Itaparica a ter obtido a aprovação do Projeto.

A programação foi concebida após amplo diálogo realizado entre a equipe gestora da Emec, professores de história e artes da escola e o Instituto Cultural Raízes, no sentido de iniciar nesse ano de 2016 a implementação das Leis 10.639/2003 e 11.645/2008, que tratam da obrigatoriedade do estudo da história e cultura afro-brasileira e indígena, nos estabelecimentos de ensino público e privado.

O Forum teve como tema DIÁLOGOS E DIVERSIDADE PARA CONSTRUÇÃO DA IGUALDADE ÉTNICO-RACIAL, contendo a seguinte programação:
09:00h - Abertura, realizada pela Gestora Profª Célia Barros e pelo Vice Gestor da Emec, Profº Evanilson Maia.
09:15h - Apresentação do Grupo Afoxé Filhos de N'Zambi, do Instituto Cultural Raízes;.
10:00h - Palestra sobre A Importância do Resgate das Tradições Afrobrasileiras e das Ações Afirmativas, realizada por Libânio Neto, Diretor Presidente do Instituto Cultural Raízes.
11:00h - Palestra sobre a História da África, realizada pela Profª Geyza Alves da Cesvasf.
14:30h - Roda de Diálogo com jovens do Instituto Cultural Raízes, com mediação do Profº Evanilson Maia.
15:30h - Oficinas:
             - Percussão; 
             - Danças Africanas;
             - Capoeira;
             - Lendas Africanas;
             - Máscaras Africanas;
             - Estética Afro.
16:40h - Socialização das Oficinas e Encerramento.

Na avaliação da equipe organizadora, o Forum atingiu seu objetivo, contando com a participação ativa de todos(as) atores envolvidos e, especialmente dos jovens presentes, deixando um exemplo positivo para as atividades futuras.

terça-feira, 29 de março de 2016

Abertura do Projeto, 17/09/2014

Profº Evanilson Maia, iniciando as atividades de abertura do Programa Mais Cultura na Escola
saudando os alunos e os representantes do Instituto Cultural Raízes
No dia 17 de setembro de 2014, ocorreu o evento de abertura do Programa Mais Cultura na Escola Estadual Maria Emília Cantarelli, dando início ao Projeto de vivência da Cultura Afrobrasileira na Escola.

A atividade teve início com a recepção dos alunos do Instituto Cultural Raízes, feita pela equipe de gestão da Emec.

Em seguida houveram apresentações de Maracatu e de Afoxé, realizadas pelos adolescentes e jovens dos grupos culturais do Instituto Raízes, instituição parceria da Emec no Projeto.



Apresentação do Projeto, dia 14/07/2014

Gestora da Emec, Célia Barros falando sobre o Projeto

No dia 14 de julho de 2014, foi realizado o primeiro evento para a apresentação do Projeto e  sensibilização dos alunos da Emec, com vistas ao início do Programa Mais Cultura na Escola.                                                                                                                                      
A gestora da Escola, Profª Célia Barros, falou da oportunidade que o projeto vai gerar para alunos e professores e que contribuirá para novos aprendizados.

Profº Evanilson Maia, falando sobre a importância do Projeto para a EMEC
                 
                             

Por sua vez o Professor e Vice Gestor Evanilson Maia, destacou que o projeto surgiu do interesse da Escola em vivenciar uma experiência voltada para o resgate da identidade cultural dos alunos e, que representa uma grande conquista para a vida da Escola.

Profº João Di Carvalho, falando da parceria com o Instituto Raízes

O Professor João Carvalho, falou de como se deu a construção da parceria com o Instituto Cultural Raízes, a partir da experiência da entidade em trabalhar a cultura afrobrasileira em Floresta e região.                                                                                                                     

Libânio Neto, Diretor Presidente do Instituto Cultural Raízes
O Diretor Presidente do Instituto Cultural Raízes, Libânio Neto, expressou a satisfação da entidade em poder vivenciar essa experiência com a Emec e, destacou ser a Escola a única que teve o projeto aprovado em toda a região do sertão de itaparica.

Maracatu Afrobatuque em apresentação empolgante
Após as falas de abertura, todos as pessoas presentes puderam assistir e se empolgar com a apresentação do Grupo Maracatu Afrobatuque do Instituto Cultural Raízes, mostrando um dos ritmos que serão trabalhados nas oficinas do Projeto.


EQUIPE COORDENADORA DO PROJETO



REGISTRO APÓS APRESENTAÇÃO DO MARACATU AFROBATUQUE















domingo, 6 de março de 2016

Reunião com os alunos inscritos


No dia 08 de setembro de 2014, realizamos a primeira reunião com os(as) alunos inscritos para as oficinas do Projeto Mais Cultura na Escola Estadual Maria Emília Cantarelli.

Foi a oportunidade de conhecermos os alunos(as), falar um pouco mais sobre o Projeto e a realização das oficinas, bem como os critérios de participação.




quinta-feira, 3 de março de 2016

O que é "Mais Cultura nas Escolas"



O PROGRAMA MAIS CULTURA NAS ESCOLAS consiste em iniciativa interministerial firmada entre os Ministérios da Cultura (MINC) e da Educação (MEC), que tem por finalidade fomentar ações que promovam o encontro entre o projeto pedagógico de escolas públicas contempladas com os Programas Mais Educação e Ensino Médio Inovador e experiências culturais e artísticas em curso nas comunidades locais.

Os projetos inscritos no Mais Cultura nas Escolas deverão ser uma ação conjunta entre as escolas, artistas e/ou entidades culturais, que elaborarão o Plano de Atividade Cultural da Escola, com o objetivo de aproximar práticas artísticas e culturais do fazer pedagógico das escolas. 

A responsabilidade pela construção e gestão do Plano de Atividade Cultural é mútua, da escola e da iniciativa cultural parceira, e deve ser mantida ao longo do desenvolvimento do projeto.

Os projetos inscritos no “Mais Cultura nas Escolas” devem orientar suas ações a partir de pelo menos um dos 9 eixos temáticos e prever duração mínima de seis (6) meses, ainda que não contínuos.

Em 2013/2014, foram selecionados 5 mil projetos e cada um deles contemplado com valores entre R$ 20 e R$ 22 mil, variáveis conforme o número de alunos registrado no último censo escolar. 

Os recursos serão repassados, através do PDDE (Programa Dinheiro Direto na Escola), em duas parcelas.

Poderão custear: contratação de serviços culturais necessários às atividades artísticas e pedagógicas; aquisição de materiais de consumo; contratação de serviços diversos; locação de transportes; serviços e equipamentos; aquisição de materiais permanentes e equipamentos.

Primeira Reunião para o Projeto Mais Escola na Emec


No dia 09 de julho de 2014, realizou a primeira reunião de coordenação do Projeto de implementação do Programa Mais Escola na Escola Estadual Maria Emília Cantarelli, em Belém do São Francisco.

Estiveram presentes os professores Evanilson Maia e João Carvalho, representando a Emec, além de Libânio Neto e Marciano Lima, representando o Instituto Cultural Raízes.

Foram discutidos os encaminhamentos necessários ao desenvolvimento das ações para o início da vivência do Projeto na Escola.